O Museu do Louvre

Classificado como um dos maiores museus do mundo, entre nos bastidores do museu para descobrir sua história e a riqueza de suas coleções, desde os Cavalos de Marly até a Mona Lisa de Leonardo da Vinci.

X
Book your stay
1 Adulto
0-11 anos
0-3 anos
Sem custos para as crianças de menos de 12 anos de idade
Entre em contato com a nossa recepção
para maiores informações
+33 (0)1 47 03 61 61 Custo das ligações locais
l'hôtel brighton le musée du louvre

Antes de ser o maior museu de Paris, guardião da Mona Lisa, da Balsa da Medusa, da Vitória de Samotrácia, ou ainda, da Vênus de Milo, o Louvre foi, antes de mais nada, uma fortaleza defensiva e, em seguida, a residência dos reis da França, até que se tornara o monumento que hoje conhecemos, com a bela Pirâmide de Pei ao centro

De palácio real ao museu do Louvre 

A história do Louvre começou na Idade Média, quando Filipe Augusto decidira construir uma fortaleza militar. No século XIV, Carlos V transformou a fortaleza em residência real, tendo esta sido abandonada pelos reis seguintes, que preferiram os castelos da Loire durante a Guerra dos 100 Anos. Foi preciso esperar até a Renascença para que o Louvre fosse novamente habitado. Francisco I decidira, então, fazer dele um palácio e Catarina de Médici, 20 anos mais tarde, ordenou a construção de um segundo palácio, o das Tulherias. Mais tarde, os reis procuraram harmonizar ambos os monumentos, nomeadamente durante o reinado de Henrique IV. Durante os reinados de Luís XIII e Luís XIV, o Louvre fora ampliado, graças às obras de Louis Levaux, Claude Perraut e Charles Lebrun. Finalmente, a Corte perdeu seu interesse pelo Louvre e o voltara a Versalhes, tendo o edifício do Louvre se tornado um museu em 1793, dedicado às obras das civilizações passadas. Em 1871, um incêndio destruiu o Palácio das Tulherias. Desde lá, o Louvre se abre diretamente sobre os belos jardins, visíveis a partir do Hotel Brighton. Cerca de um século mais tarde, François Mitterand lançou o projeto do Grand Louvre, para modernizar o monumento com a pirâmide de vidro, obra de Pei. Em 2003, começou a ser esboçado o projeto de implantação do Louvre em uma região. O destino escolhido fora Lens, na região de Nord-Pas de Calais.

As coleções do museu 

Nove departamentos estruturam o Louvre, sendo estes agrupados com relação às antiguidades (orientais e arte islâmica, egípcias, gregas, etruscas e romanas), sem esquecer, sobretudo, uma das obras-primas mais famosas do museu, a famosa Vênus de Milo. A seção de esculturas reúne, entre outras, os Cavalos de Marly, de Coustou, ou ainda, os Dois Escravos, de Michelangelo. Finalmente, temos os departamentos de objetos de arte, das artes gráficas, da história do Louvre e das artes da África, da Ásia, da Oceania e das Américas. A seção de pinturas, quanto a ela, apresenta, entre outras, as obras de Nicolas Poussin, de George de la Tour e a mundialmente famosa Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, que não cessa de atrair e maravilhar os visitantes. O Hotel Brighton é o ponto de partida ideal para visitar o museu.

Team's best picks

L'Absinthe
Sob a direção de Rostang, pai e filha, este lugar sublima a culinária tradicional francesa por meio de conotações inventivas.
24, place du Marché Saint-Honoré - 75001 Paris
Tel : 01 49 26 90 04